domingo, 11 de abril de 2021

Estamos aderindo à campanha

A Biblioteca Escolar, em articulação com o Gabinete de Apoio ao Aluno aderiram à campanha Abril-Mês da Prevenção contra maus-tratos na Infância.

Este é o nosso laço, que se irá completando com mensagens, apelos, palavras, deixados pelos elementos da comunidade escolar. 

Contamos a colaboração de todos!



terça-feira, 30 de março de 2021

Bibliotecas do concelho de Loulé enviam livros para S. Tomé e Príncipe

 A campanha solidária de livros para S. Tomé, promovida pela Rede de Bibliotecas do Concelho de Loulé em parceria com a Liga dos Combatentes - Núcleo de Loulé, conseguiu angariar, aproximadamente, 20.000 exemplares. As 346 caixas de livros foram transportados em carrinhas da Câmara Municipal de Loulé, até ao Aeroporto de Figo Maduro, de onde seguiram, num voo da Força Aérea, no dia 26 de março, rumo a S. Tomé e Príncipe.

Uma campanha solidária que muito nos orgulhou. Um bem-haja a todos os intervenientes.








quinta-feira, 25 de março de 2021

Semana da Leitura - Ler sempre. Ler em qualquer lugar

Mais uma participação, a distância, na Semana da Leitura. A Anya P. do 6.º E, produziu este pequeno vídeo. 

Parabéns, Anya!



quarta-feira, 24 de março de 2021

Semana da Leitura - Ler sempre. Ler em qualquer lugar.

 A aluna Margarida C., do 5.º D, não poderia ter escolhido melhor cenário para ler o poema "O ovo da galinha" de António Torrado.

Parabéns, Margarida!

segunda-feira, 22 de março de 2021

Semana da Leitura - vamos escutar a leitura da Carlota

 A aluna Carlota F., do 6.º B, aderiu à proposta da Biblioteca Escolar com esta interessante leitura.

Escutemos, então!

Foi uma boa escolha, Carlota. Parabéns!


domingo, 21 de março de 2021

Um poema de Camões para o Dia Mundial da Poesia

Respondendo às sugestões da Biblioteca Escolar para a Semana da Leitura, no dia em se comemora o Dia Mundial da Poesia, o aluno Vicente A., do 8.º A, brindou-nos com este icónico poema de Camões.

Excelente ideia Vicente!


Dia Mundial da Poesia

 Hoje, 21 de março assinala-se o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, o Dia Internacional da Árvore e das Florestas e o Dia Mundial da Poesia.

Para assinalar as efemérides selecionámos este belo poema de Eugénio de Andrade:

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.

É urgente o amor, é urgente
permanecer.

                           Eugénio de Andrade, É urgente o amor


segunda-feira, 15 de março de 2021

sexta-feira, 12 de março de 2021

Sabias que...

  Em 12 de março de 1514 aconteceu a Entrada Solene em Roma da Embaixada de D. Manuel I ao Papa Leão X? 

Foi há 507 anos! 

  Clica sobre a imagem para ficares a saber mais.



terça-feira, 9 de março de 2021

Baú da Memória


T
al como tínhamos anunciado, vamos dar início a uma nova atividade em que, semanalmente, vamos alternar adivinhas com provérbios e travalínguas. Trata-se de uma atividade em articulação com a Associação de Pesquisa e Estudo da Oralidade (APEO) que tem como objetivo divulgar o património da oralidade, estimular o interesse pela cultura popular (memória coletiva) e, ao mesmo, proporcionar momentos de pura diversão.

No final de cada semana serão divulgadas as soluções.



segunda-feira, 8 de março de 2021

Semana da Leitura 2021

 

8 de março - Dia Internacional da Mulher

 O Dia Internacional da Mulher mergulha as suas raízes na luta das mulheres contra a opressão, pela igualdade de direitos, desde o século XIX. Foi no dia 8 de Março de 1857 que as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de trabalho de mais de 16 horas por dia para 10 horas.

Ao longo dos tempos foram imensas as conquistas alcançadas, mas é importante que não se perca de vista o que, efetivamente, está associado a este dia - uma luta digna de que as verdadeiras Mulheres se devem orgulhar e perpetuar.



 

O mar dos meus olhos

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
Não pela cor
Mas pela vastidão da alma

E trazem a poesia nos dedos e nos sorrisos
Ficam para além do tempo
Como se a maré nunca as levasse
Da praia onde foram felizes

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
pela grandeza da imensidão da alma
pelo infinito modo como abarcam as coisas e os homens...
Há mulheres que são maré em noites de tardes...
e calma

               Sophia de Mello Breyner Andresen